Agrupamento de Escolas de Sátão

Projeto PAP: Ensino e Formação Profissional no Agrupamento Escolas de Sátão

Projeto PAP: Ensino e Formação Profissional no Agrupamento Escolas de Sátão

O aluno José Arrais do 12ºF, do Curso Profissional Técnico de Multimédia, no âmbito do seu Projeto de Aptidão Profissional, propôs realizar um site sobre o Ensino e Formação Profissional no Agrupamento. Os objetivos deste site são: divulgar informações sobre os cursos profissionais, prosseguimento de estudos e atividades realizadas de forma a manter a comunidade informada.

   criador de gifs animados scrapee.net

 

Exposição de trabalhos de Físico-Química 7º anos

 

Comemorações do 25 de abril e do 1 de maio

Comemorações do 25 de abril e do 1 de maio

"Ainda a propósito das comemorações do 25 de abril e do 1 de maio, as turmas do 6.º C e 6.º D, também, refletiram sobre os direitos laborais e à liberdade, que, em pleno século XXI, continuam vedados em muitas sociedades.

Num trabalho colaborativo entre História e Geografia de Portugal e Português realizaram atividades de articulação curricular, que consistiram na leitura e análise da obra “O Tesouro”, de Manuel António Pina, que destaca o valor da LIBERDADE. A turma do 6.º C produziu um pequeno vídeo com uma dramatização baseada nessa história, comparando a falta de liberdade dos tempos de Salazar com esta época da pandemia Covid 19. "

 

#DIZNÃOAORACISMO

#DIZNÃOAORACISMOA turma D do décimo primeiro ano desenvolveu uma campanha contra o racismo, a xenofobia e a discriminação, no âmbito do projeto de Cidadania/DAC.

O racismo éuma forma de preconceito ou discriminação motivada pela cor da pele ou origem étnica. Muitas vezes, traduz-se na forma de práticas, ações e crenças que consideram que diferentes raças devem ser classificadas como superiores e inferiores de acordo com as qualidades geneticamente herdadas. Infelizmente, é uma atitude que ainda continua presente na sociedade e, cada vez mais, devemos lutar contra a mesma. A xenofobia consiste na desconfiança, no medo ou profunda antipatia em relação aos estrangeiros. Assim, a xenofobia partilha diversas características com o racismo.

Na nossa sociedade esta questão está bastante enraizada e, portanto, é de esperar que um indivíduo seja preconceituoso em algum momento da sua vida. Assim, todos devemos travar um combate sem tréguas contra as diferentes formas de discriminação e ninguém está isento da responsabilidade de questionar os seus próprios valores, assumindo uma posição antirracista. 

Para juntos lutarmos contra o racismo devemos: ter um contacto saudável com todos os tipos de raças ou cor de pele, cultivar os nossos sentimentos de amor, solidariedade, união e amizade e, enquanto cidadãos, respeitar os Direitos Humanos e zelar pelo cumprimento dos mesmos por todos os que nos rodeiam.

Entre estas e dezenas de outras atitudes, todos podemos contribuir e lutar contra aquilo que é, na nossa sociedade, uma atitude desprezível.

Desafiamos-te a testar os teus conhecimentos sobre esta temática respondendo de forma anónima ao inquérito que divulgamos. Obrigado.

https://forms.gle/L9PEUThfCGtM4MUk7

 

#DIZNÃOAORACISMO

Subcategorias

  • Atividades do Agrupamento
  • Escolas do Ensino Secundário

    Contactos e moradas das Escolas do Ensino Secundário do Agrupamento.

  • Escolas do 3º Ciclo

    Contactos e moradas das Escolas do 3º Ciclo do Agrupamento.

  • Escolas do 2º Ciclo

    Contactos e moradas das Escolas do 2º Ciclo do Agrupamento.

  • Escolas do 1º Ciclo

    Contactos e moradas das Escolas do 1º Ciclo do Agrupamento.

  • Exames 2013
  • Testes Intermédios
  • Imagens
  • Agrupamento ES
  • Informações - alunos
  • calendário de atividades
  • Contactos e moradas

    Contactos e moradas do Agrupamento.

  • Associação EPIS

    A Associação EPIS – Empresários Pela Inclusão Social foi criada em 2006 por empresários e gestores portugueses, na sequência de uma convocatória à sociedade civil feita pelo Presidente da República, no seu primeiro discurso do 25 de Abril, proferido na Assembleia da República.

    A EPIS escolheu a Educação como forma de concretização da sua missão principal de promoção da inclusão social em Portugal. Com este foco, tem desenvolvido os seus projetos de intervenção cívica na área do combate ao insucesso e ao abandono escolares, com particular atenção à capacitação de jovens em risco que frequentam o 1º, 2º e 3º Ciclos de escolaridade e à disseminação de boas práticas de gestão nas escolas, com base numa metodologia de capacitação dos jovens e das suas famílias.

    Esta metodologia tem vindo a ser testada, desde 2007/2008, em várias escolas a nível nacional numa parceria com o Ministério da Educação, as autarquias, as escolas, o Instituto de Educação e Formação Profissional (IEFP), os Governos Regionais dos Açores e Madeira e as empresas locais, contando com uma equipa de cerca de 104 Mediadores com formação especializada.


    A metodologia EPIS foi escolhida, entre várias, para ser o modelo conceptual de referência a seguir pelo projeto “RESLEA – Reducing Early School Leaving” (com parceiros da Alemanha, Reino Unido, Hungria e Eslovénia) e “RECIPE – Regional Education Centres in Pedagogical Europe” (com parceiros da Irlanda, Noruega, Dinamarca e Grécia) programas europeus que pretendem identificar boas práticas de combate ao abandono escolar precoce.

    Em Sátão, o Projeto EPIS está implementado em 3 escolas desde o ano letivo transato: Escola Secundária com 3º Ciclo Frei Rosa Viterbo, Escola Básica Ferreira Lapa e a Escola Básica Integrada de Ferreira de Aves, intervindo com cerca de 70 alunos.

     
     

Próximas Atividades

Sem eventos

Plano Anual de Atividades

Revista "Sacola"

1º período (dez. 2020)

 

 

 

 


A Caixa Crédito Agrícola Mútuo

do Vale do Dão e Alto Vouga

divulgou 6ª edição

do Programa CA Nota 20


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
BilerChildrenLeg og SpilAutobranchen