Agrupamento de Escolas de Sátão

ACANTONAMENTO DE EMRC – 10.º Ano 07_08dez

ACANTONAMENTO DE EMRC – 10.º Ano

Nos dias 7 e 8 de dezembro teve lugar em Mira o Acantonamento de EMRC para os alunos do 10.º ano desenvolvido em parceria com outras escolas secundárias.
Esta atividade foi bastante enriquecedora e permitiu desenvolver relações interpessoais, o espírito de partilha e cooperação, assim como a criatividade de todos os alunos.
Os momentos de oração permitiram saborear o silêncio e levaram ao encontro de cada um consigo próprio e com Deus.
Foi uma atividade que decorreu de acordo com os objetivos previstos e foi considerada muito interessante por todos os participantes.

Prof. Carlos Sales
 

Maratona de cartas: o maior evento de direitos humanos da Amnistia Internacional

Maratona de cartas: o maior evento de direitos humanos da Amnistia Internacional

Comemora-se hoje, dia 10 de dezembro, o 71.º aniversário da Declaração dos Direitos Humanos adotada pelas Nações Unidas em 1948, mas ainda assim nem sempre estes são respeitados. Para prevenir estas situações, a Amnistia Internacional tenta fazer pressão sobre os governos dos países onde os direitos humanos não são respeitados, e um dos métodos utilizados é a “Maratona de Cartas”. Todos os anos, são reportados milhares de casos à Amnistia Internacional, de entre os quais foram selecionados os cinco casos para campanha deste ano.

Para que possam contribuir para estas causas e para que possam defender os Direitos Humanos, vejam a versão em língua portuguesa do vídeo que criámos na disciplina de Inglês no âmbito das DAC e aprendam mais sobre a Amnistia Internacional e como podem e os cincos casos da Maratona de Carta Portugal. (Igor e Dinis, 10ºA).

 

Sensibilização sobre a Diabetes para os alunos do sexto ano - E.P.S.

O SABER NÃO OCUPA LUGAR… 

Sensibilização sobre a Diabetes para os alunos do sexto ano             E.P.S.

No passado dia 20 de novembro, decorreu na Escola Básica Ferreira Lapa uma ação de sensibilização sobre a Diabetes. Esta atividade foi dinamizada por uma médica e uma enfermeira e destinou-se aos alunos do sexto ano.
A iniciativa surgiu no âmbito do Projeto Escola Promotora de Saúde e da parceria que existe entre a nossa escola e o Centro de Saúde de Sátão. Durante esta ação, a Dr.ª Margarida e a Enfermeira Cláudia deram-nos a conhecer as primeiras causas e consequências da Diabetes. Aprendemos que aquilo que pode dar origem a esta doença são fatores hereditários ou os maus hábitos alimentares, como: o excesso de açúcar, de sal ou o consumo exagerado de “comida de plástico”.
No final da sessão, e para testar os nossos conhecimentos, organizámo-nos em grupos e resolvemos uma ficha com passatempos alusivos ao tema.
Consideramos que esta atividade foi muito interessante e útil, pois ajudou-nos a saber como prevenir esta doença que pode tornar-se muito incapacitante.
Foi uma boa forma de assinalar o “Dia Mundial da Diabetes”, que se comemorou a 14 de novembro.

Os alunos do 6ºC
 

Dia Mundial dos Direitos Humanos: 10 de dez

Os alunos 10º B, nas aulas de Cidadania, realizaram este vídeo para lembrarem o dia dos direitos humanos, 10 de dezembro.

 

Subcategorias

  • Atividades do Agrupamento
  • Escolas do Ensino Secundário

    Contactos e moradas das Escolas do Ensino Secundário do Agrupamento.

  • Escolas do 3º Ciclo

    Contactos e moradas das Escolas do 3º Ciclo do Agrupamento.

  • Escolas do 2º Ciclo

    Contactos e moradas das Escolas do 2º Ciclo do Agrupamento.

  • Escolas do 1º Ciclo

    Contactos e moradas das Escolas do 1º Ciclo do Agrupamento.

  • Exames 2013
  • Testes Intermédios
  • Imagens
  • Agrupamento ES
  • Informações - alunos
  • calendário de atividades
  • Contactos e moradas

    Contactos e moradas do Agrupamento.

  • Associação EPIS

    A Associação EPIS – Empresários Pela Inclusão Social foi criada em 2006 por empresários e gestores portugueses, na sequência de uma convocatória à sociedade civil feita pelo Presidente da República, no seu primeiro discurso do 25 de Abril, proferido na Assembleia da República.

    A EPIS escolheu a Educação como forma de concretização da sua missão principal de promoção da inclusão social em Portugal. Com este foco, tem desenvolvido os seus projetos de intervenção cívica na área do combate ao insucesso e ao abandono escolares, com particular atenção à capacitação de jovens em risco que frequentam o 1º, 2º e 3º Ciclos de escolaridade e à disseminação de boas práticas de gestão nas escolas, com base numa metodologia de capacitação dos jovens e das suas famílias.

    Esta metodologia tem vindo a ser testada, desde 2007/2008, em várias escolas a nível nacional numa parceria com o Ministério da Educação, as autarquias, as escolas, o Instituto de Educação e Formação Profissional (IEFP), os Governos Regionais dos Açores e Madeira e as empresas locais, contando com uma equipa de cerca de 104 Mediadores com formação especializada.


    A metodologia EPIS foi escolhida, entre várias, para ser o modelo conceptual de referência a seguir pelo projeto “RESLEA – Reducing Early School Leaving” (com parceiros da Alemanha, Reino Unido, Hungria e Eslovénia) e “RECIPE – Regional Education Centres in Pedagogical Europe” (com parceiros da Irlanda, Noruega, Dinamarca e Grécia) programas europeus que pretendem identificar boas práticas de combate ao abandono escolar precoce.

    Em Sátão, o Projeto EPIS está implementado em 3 escolas desde o ano letivo transato: Escola Secundária com 3º Ciclo Frei Rosa Viterbo, Escola Básica Ferreira Lapa e a Escola Básica Integrada de Ferreira de Aves, intervindo com cerca de 70 alunos.

     
     

Próximas Atividades

Sem eventos

Plano Anual de Atividades

Revista "Sacola"

1º período (dez. 2018)

2º período (março 2019)

3º período (junho 2019)

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
BilerChildrenLeg og SpilAutobranchen